Grupo Espírita Francisco de Assis

NAVEGUE COM FUNDO MUSICAL - CLIQUE AQUI!

Histórico

1930: A FUNDAÇÃO

Dona LiliTendo como idéia maior o desejo de promover material e espiritualmente a caridade, um grupo de 51 idealistas, que já há algum tempo se reunia para a realização de sessões mediúnicas, resolve fundar uma Instituição Espírita. À frente, o grande nome que, tornando-se verdadeira legenda, seria daí por diante respeitado e amado por todos os que se ligaram à Casa: Olympia Rosa Freitas, a nossa inesquecível “Dona Lili”. Foi na sua residência, à rua Formosa n° 46, que nasceu, após uma palestra doutrinária proferida pelo Sr. Titelman Pimentel Carvalho e Silva, na noite de 16 de setembro, a Entidade que denominaram Grupo Espírita “São Francisco de Assis”. Em função da denominação da nova Entidade, a data comemorativa principal da Casa ficaria sendo o 04 de outubro (dia em que a Igreja Católica lembra a desencarnação do poverello de Assis).


1946: A NOVA SEDE E O ALBERGUE NOTURNO

Primeiros anos
A caminho da construção de uma sede própria, com dependências amplas e adequadas ao trabalho a ser desenvolvido, o Grupo passaria ainda a funcionar na Rua dos Goitacazes 143 e na Rua Marechal Floriano 141 (depois 353), até que adquire o terreno da Saldanha Marinho. Já na criação do Departamento Feminino (18-07-43) constava do programa oficial “trabalhar pela construção de um albergue noturno”. Nesse ano a idéia toma grande impulso, e a 03 de outubro o comerciante Sabino Francisco dos Santos (tomando a si, por designação da Diretoria, a liderança da grande empreitada) lança a pedra fundamental do Albergue e da nova sede do Grupo. Presentes ao ato o Dr. Salo Brand, então Prefeito Municipal, e várias autoridades. Sabino Francisco dos Santos, como verdadeiro soldado da caridade, coordena internamente os esforços e mobiliza toda a cidade, conseguindo apoio maciço à obra que viria, efetivamente, “preencher uma lacuna em Campos”. Três anos depois, na festa do patrono (04 de outubro), o Albergue Noturno e a nova sede do Grupo Espírita Francisco de Assis (na Rua Saldanha Marinho 189) eram entregues à comunidade.


1980: A CRECHE “LAR IRMÃ CELINA”

Creche  Creche

Em meio às comemorações do Jubileu de Ouro da Instituição, e sob o influxo de variadas manifestações do plano espiritual, juntadas ao entusiasmo dos trabalhadores encarnados, lançava-se, com grande júbilo, a pedra fundamental da Creche “Lar Irmã Celina” (04-10-1980), que por cerca de três décadas (até 2009) se transformou no principal projeto assistencial da Instituição. Tendo recebido o nome de sua mentora espiritual (o Espírito que se apresentava sob o nome de “Irmã Celina”), a idéia do novo Setor recebeu o apoio de praticamente todos os diretores, conselheiros, frequentadores e amigos do Grupo, além de variados segmentos da sociedade campista. Na construção em tempo recorde (menos de um ano), deve-se destacar o concurso decisivo dos confrades Oswaldo de Albuquerque, Almir Quitete de Lima, Carlos Roberto Pessanha da Silva, Antonio Alves Ferreira, Alcino Machado da Silva, Celso Albuquerque e Maria das Graças Ferreira Rangel (designada como diretora do novo departamento). Paralelamente ao trabalho da Creche, e complementando-lhe a face educacional, funcionou pelo mesmo período, em espaço cedido pelo GEFA, o Jardim de Infância Francisco de Assis, mantido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.


HOJE: CONSTRUINDO O FUTURO

Cronstruindo o Futuro

Após o ano de seu octogésimo aniversário, o Grupo Espírita Francisco de Assis dá sequência a suas atividades doutrinárias e culturais (através de reuniões públicas de doutrinação espírita-cristã, tratamentos espirituais e estudos, além de seminários e conferências especiais), e concentra sua atuação assistencial em dois setores da maior importância para a cidade de Campos e para a região norte-fluminense: o tradicional Albergue Noturno e o recente Projeto “Espaço Criança Feliz Oswaldo de Albuquerque”, hoje rebatizado como Projeto "Conquistando Artistas Novos Oswaldo de Albuquerque" (CANOA), além da continuidade dos habituais serviços prestados pelo departamento feminino à gestante carente. O Projeto CANOA, que teve a partir de 2009 o apoio da Prefeitura Municipal, foi criado em 2003 para atender à clientela em idade escolar (faixa etária entre 07 e 14 anos) situada em condições de vulnerabilidade social (pobreza, privação, falta de acesso a bens culturais, fragilização de vínculos afetivos e relacionais, circunstâncias de discriminação). Através de atividades artísticas (ballet, coral, violão, percussão, teclado e teatro) e ações de integração familiar (oficinas e palestras educativas), procura-se efetivar uma intervenção sócio-educativa que tem como finalidade principal criar condições capazes de diminuir o nível das desigualdades sociais, investindo em cidadania e apostando no talento e potencialidade de crianças e adolescentes oriundos de comunidades marcadas por situações de risco social.

Leia nosso informativo

Jornal GEFA 2015
O Franciscano 2013

Mensagem

Mensagem do mês

Para outubro-novembro/2017

APRENDENDO COM CHICO XAVIER


"VOCÊ NÃO É ESPÍRITA?"


Durante as palestras, alguém me cobra:


- Você escreveu a biografia de Chico Xavier e não se tornou espírita? Por quê?


Repito a explicação de praxe: sou jornalista e me obrigo a percorrer este território mágico e controvertido, com distanciamento, checando e rechecando fatos.


Quando as cobranças se tornam mais insistentes e constrangedoras, recorro a uma das histórias de Chico Xavier.


Numa noite, uma senhora se aproximou dele no Grupo Espírita da Prece e disse:


- Chico, meu marido é maravilhoso. Bom pai, bom filho, bom companheiro, bom patrão... Só tem um defeito grave: "Ele não é espírita".


Resposta de Chico:


- Mas se ele é tudo isto, não precisa ser espírita de jeito nenhum. Já tá bom demais.


Chico nunca cobrou conversão de ninguém.


__________________________


(Excertos do livro "As lições de Chico Xavier", de Marcel Souto Maior - S. Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2005)

Sites recomendados

Rua Saldanha Marinho, 189 • Centro • Campos dos Goytacazes-RJ • CEP: 28010-271 • Tel.: (22) 2722-2161
E-mails: gefa.campos@yahoo.com.br (Assuntos administrativos)
   campos.gefa@gmail.com (Assuntos doutrinários)

Ilustrações (apud Araújo, Humberto Leite de, in “De Francisco de Assis para você...” )
1- Autor: Hector Sapia, copyright Aliança da Fraternidade
2- Autora: Dulce Mary de Oliveira Monte, sobre foto do filme “Irmão Sol, irmã Lua” (Paramount Pictures)
Fundo musical: Doce Paz (Nando Cordel)

Pageviews: 138843